ASCES

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.asces.edu.br/handle/123456789/525
Título: Ocorrência da síndrome de burnout em professores do ensino superior em instituição privada.
Autor(es): SILVA, Raynan José Sousa da
JUSTINO, Mayara Eduarda Pereira
Palavras-chave: Esgotamento profissional
Docentes
Saúde do trabalhador
Data do documento: Dez-2016
Resumo: analisar a ocorrência da síndrome de burnout (sb) em professores do ensino superior em instituição privada. Métodos: trata-se de um estudo transversal, com caráter analítico-descritivo em uma instituição privada de nível superior, com 161 docentes. Utilizou-se como instrumentos de coleta dados um questionário semiestruturado e o questionário validado de maslach burnout inventory. Resultados: para as dimensões do burnout os docentes obtiveram uma alta exaustão emocional (ee), moderada despersonalização (de) e moderada diminuição da realização profissional (drp). O sexo feminino, docentes que trabalham no turno integral e que possuem um tempo de atuação ≥ 21 anos são mais susceptíveis em todas as dimensões da síndrome. Professores atuantes na área de saúde, que trabalham ≥ 9 horas de 4 a 6 dias por semana, resultaram em alta ee. Os educadores com carga horária diária de 5 a 8 horas e que atuam na área de humanas, obtiveram escore moderado para drp. Conclusão: os resultados apontam que 78,4% dos docentes apresentaram um escore de moderado a alto para desenvolver a sb, podendo está associado aos fatores sociodemográficos e laborais. Sugerem-se que o ambiente de trabalho proporcione uma relação harmônica entre a saúde do trabalhador e a realização de suas atribuições.
URI: http://repositorio.asces.edu.br/handle/123456789/525
Aparece nas coleções:TCC - Fisioterapia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO FINAL.pdf270 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.