ASCES

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.asces.edu.br/handle/123456789/392
Título: Avaliação do uso indiscriminado de recursos ergogênicos em praticantes de musculação
Autor(es): LUZ, Euclides Cruz da
SIQUEIRA, José Augusto Vieira de
NETO, Pedro Manoel de Freitas
FEITOSA, Carlos Eduardo Vaz
OLIVEIRA, Luciano Machado Ferreira Tenório de
Palavras-chave: Suplementos alimentares
Musculação
Exercício físico
Qualidade de vida
Data do documento: Jul-2016
Abstract: Objective: To evaluate the indiscriminate use of ergogenic resources and see which products are most widely used by bodybuilders, in Santa Cruz do Capibaribe-PE. Methods: This is an epidemiological study, descriptive and inferential cross with a quantitative approach and municipal scope, was conducted between 2014 and 2015, using a questionnaire developed and validated for proper population. Results: Of the 449 participants, 66.8% consumed ergogenic resources and of these only 21.4% were guided by a nutritionist. It was observed that 64.5% of bodybuilders were not following a diet. In relation to the consumption of food supplement, the most used are Whey Protein (60.6), BCAA (31.9%), high-calorie (6.0%) and creatine (1.4%). Conclusion: It was concluded that more than half of bodybuilders use of ergogenic resources and the great aggravating is that, of these, less than a quarter of that use are guided by a nutritionist.
Resumo: Objetivo: avaliar o uso indiscriminado de recursos ergogênicos e observar quais produtos são mais utilizados entre praticantes de musculação, em Santa Cruz do Capibaribe-PE. Métodos: Trata-se de um estudo epidemiológico, descritivo, transversal e inferencial com abordagem quantitativa e abrangência municipal, foi realizado entre 2014 e 2015, através de um questionário construído e validado para a devida população. Resultados: Dos 449 participantes, 66,8% consumiam recursos ergogênicos e destes apenas 21,4% eram orientados por um nutricionista. Observou-se que 64,5% dos praticantes de musculação não estavam seguindo uma dieta. Em relação ao consumo de suplemento alimentar, os mais utilizados são Whey Protein (60,6), BCAA (31,9%), hipercalórico (6,0%) e creatina (1,4%). Conclusão: conclui-se que mais da metade dos praticantes de musculação utilizam de recursos ergogênicos e o grande agravante é que, destes, menos de um quarto dos que utilizam são orientados por nutricionista.
URI: http://repositorio.asces.edu.br/handle/123456789/392
Aparece nas coleções:TCC - Educação Física - Bacharelado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo- EUCLIDES LUZ & PEDRO NETO.pdf338,91 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.