ASCES

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.asces.edu.br/handle/123456789/2334
Título: As vulnerabilidades no ambiente de trabalho de enfermagem: implicações no adoecimento e uso de psicoativos
Autor(es): SOUSA, Ana Laura Leal de
SANTOS, Oberto César dos
MELO, Tarciany Roberta Campos
Palavras-chave: Análise de vulnerabilidade
Emergência
Estresse ocupacional
Saúde do trabalhador
Processo saúde-doença
Data do documento: 4-Jun-2019
Resumo: Identificar os fatores de vulnerabilidade presentes na sala vermelha que favorecem o uso de substâncias psicoativas entre a equipe de enfermagem. Método: estudo de campo descritivo-exploratório, com delineamento transversal, contendo abordagem quantitativa, sendo uma pesquisa censitária, realizada com 14 enfermeiros e 49 técnicos de enfermagem que atuam no setor de emergência (sala e área vermelha) de um hospital de grande porte do agreste pernambucano. Resultados: entre os pesquisados, há predominância do sexo feminino (70%), destes profissionais (46%) trabalham há mais de cinco anos no setor, no ambiente de trabalho (23%) sentem-se estressados, (16%) desmotivados, (18%) cansados. Dos 63 participantes, (29%) não estão satisfeitos com a indisponibilidade de materiais para procedimentos, e apenas (10%) clonazepam e codeína (3%). Conclusão: Os fatores de vulnerabilidade relacionados ao meio de trabalho exercem relação no adoecimento dos profissionais, culminando no possível uso de psicoativos.
URI: http://repositorio.asces.edu.br/handle/123456789/2334
Aparece nas coleções:TCC - Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo do TCC - VERSÃO FINAL.pdf156,24 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.