ASCES

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.asces.edu.br/handle/123456789/1748
Título: Análise bacteriológica de charques comercializadas na feira livre do município de Agrestina-PE
Autor(es): SOUZA, Giselli Valeska Bento de
OLIVEIRA, Patrícia Henrique de
VALENÇA, Thainá Alexandre
SANTANA, Walkyria Almeida
MAGALHÃES, Franklin Barbalho
Palavras-chave: Charque
Análise
Coliformes
Data do documento: 20-Dez-2018
Resumo: A charque é consumida em larga escala na região Nordeste. Possui um processamento que facilita sua validade, não necessitando ser refrigerada para apresentar características viáveis no momento da venda. Carnes negociadas em feiras livres são uma das grandes portas de entrada para o crescimento de microrganismos. Tendo em vista os aspectos que resultam na contaminação de alimentos cárneos, este estudo determinou como objetivo avaliar a qualidade bacteriológica das charques comercializadas no Município de Agrestina – PE. O órgão de Vigilância Sanitária estabelece o controle de qualidade das carnes distribuídas para população e indica padrões microbiológicos para coliformes totais e termotolerantes. A presença de agentes patogênicos em grande número nas amostras das carnes de charque do município de Agrestina pode considerar o alimento inapto para consumo humano, afirmando os riscos potenciais a saúde.
URI: http://repositorio.asces.edu.br/handle/123456789/1748
Aparece nas coleções:TCC - Biomedicina

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC - ANÁLISE BACTERIOLÓGICA DE CHARQUES (1).pdf345,97 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.