ASCES

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.asces.edu.br/handle/123456789/377
Título: Avaliação do uso de anabolizantes em praticantes de atividade física: uma revisão narrativa
Autor(es): LIMA, Stéphanie Fernanda da Silva
SIQUEIRA, Shirley Farias de
SILVA, André
Palavras-chave: Anabolizantes
Esteroides
Carcinoma hepatocelular
Data do documento: Jul-2016
Abstract: Introduction: The steroids anabolic androgenic (AAS) are synthetic derivatives of testosterone. The employment of so unfair and indiscriminate can bring damage to health, such as hepatic steatosis due to the accumulation of triglycerides and, even, to the development of carcinoma liver. Objective: To perform a review of narrative relating to the indiscriminate use of anabolic with changes in homeostasis, especially in liver tissue. Methods: We used the databases Scielo, Pubmed, and EBSCOhost using descriptors and filters in the search followed by the selection process of articles after reading the preliminary titles, then the abstracts, and if were found its relevance in the approach of the theme, the full read. Result: Of the articles found were selected 12 articles from established criteria. Conclusion: The consumption of indiscriminate use of AAS, due to the ease in the acquisition and motivations aesthetic has been bringing harm to the health of its users and can affect various organs, degenerative, or even irreversible, especially the liver. The professional health education should address this topic as a form of prevention.
Resumo: Introdução: Os esteroides anabolizantes androgênicos (EAA) são derivados sintéticos da testosterona. O emprego de forma abusiva e indiscriminada pode trazer danos à saúde, tais como esteatose hepática devido ao acúmulo de triglicerídeos e, até mesmo, ao desenvolvimento de carcinoma hepático. Objetivo: realizar uma revisão narrativa relacionando o uso indiscriminado de anabolizantes com alterações na homeostase, especialmente no tecido hepático. Métodos: Foram utilizadas as bases de dados Scielo, Pubmed e EBSCOhost utilizando-se descritores e filtros na busca seguido do processo de seleção dos artigos após leitura preliminar dos títulos, depois dos resumos, e caso fosse constatada sua relevância na abordagem do tema, a leitura completa. Resultado: Dos artigos encontrados foram selecionados 12 artigos a partir dos critérios estabelecidos. Conclusão: O consumo indiscriminado de EAA, devido à facilidade na sua aquisição e motivações estéticas vem trazendo danos à saúde de seus usuários podendo afetar vários órgãos, de forma degenerativa ou até irreversível, especialmente o fígado. Os profissionais de educação em saúde devem abordar esse assunto como uma forma de prevenção.
URI: http://repositorio.asces.edu.br/handle/123456789/377
Aparece nas coleções:TCC - Biomedicina

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO CORRIGIDO.pdf242 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.