ASCES

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.asces.edu.br/handle/123456789/1758
Título: Pesquisa de pseudomonas aeruginosa em ovos vendidos na feira livre de Caruaru
Título(s) alternativo(s): Pseudomonas aeruginosa in eggs sold in Caruaru's street fair
Autor(es): BATISTA, Heitor Felipe de Amorim
ALMEIDA, Débora Milenna Xavier
LIMA, Luan Maurício de
JUNIOR, Agenor Tavares Jácome
Palavras-chave: Pseudomonas aeruginosa
Food analysis
Food contamination
Pseudomonas aeruginosa
Análise de alimentos
Ingestão de alimentos
Data do documento: 30-Dez-2018
Abstract: Eggs are nourishing food, representing a natural growth medium for several microorganisms. Pseudomonas aeruginosa, a pathogen associated to diverse nosocomial infections at immunocompromised patients, is considered a microorganism that indicates contamination by organic matter. The infection of the eggs may happen during the laying, as well as it may occur a cross-contamination at numerous situations in which those eggs are handled. We attempt to inquire the presence of Pseudomonas aeruginosa in the components of commercialized eggs, as an experimental (laboratorial) work, gathering samples at three main street fairs of Caruaru, excluding eggs with compromised shell. Sampling was collected according to the criteria established by Codex Alimentárius. Asparagine and Acetamide were used in this analysis, and the results were expressed by Most Probable Number (MPN) of the microorganism of interest per gram of feed, obtained through the Hoskins Table. There is a significant presence of Pseudomonas aeruginosa in the eggs, most of the time, in the shell and yolk. Its relevance lies in its role as an opportunistic pathogen, causing infections in immunocompromised individuals.
Resumo: O ovo é um alimento nutritivo, representando um meio de cultura natural para diversos microrganismos. Pseudomonas aeruginosa é um patógeno associado a diversas infecções nosocomiais em pacientes imunocomprometidos e é considerada um microrganismo indicador de contaminação por material orgânico. Pode haver a contaminação dos ovos no momento da postura, e possibilidade de contaminação cruzada, em diferentes situações em que os ovos são manipulados. Buscamos verificar a presença da Pseudomonas aeruginosa, nos componentes dos ovos comercializados. Tratando-se de um trabalho experimental (laboratorial), feito nas três principais Feiras livres da cidade de Caruaru, excluindo ovos com a casca comprometida. A amostragem foi obtida obedecendo os critérios estabelecidos pelo CodexAlimentárius. Na análise utilizou-se o meio de cultura Asparagina e Acetamida.. Os dados foram expressos por meio de Número Mais Provável (NMP) do microrganismo de interesse por grama de alimento obtidos através da Tabela de Hoskins. Existe a presença de Pseudomonas aeruginosa nos ovos, sendo a maior parte na casca e na gema. Sua relevância está em seu papel como patógeno oportunista ocasionando infecções em imunocomprometidos.
URI: http://repositorio.asces.edu.br/handle/123456789/1758
Aparece nas coleções:TCC - Biomedicina

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PESQUISA DE PSEUDOMONAS AERUGINOSA EM OVOS VENDIDOS NA FEIRA LIVRE DE CARUARU-converted.pdf47,51 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.