ASCES

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.asces.edu.br/handle/123456789/169
Título: ANÁLISE DO PROCESSO DE PRESCRIÇÃO, DISPENSAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DO MEDICAMENTO
Título(s) alternativo(s): Analysis of prescription process, dispensing and drug handling in a health facility.
Autor(es): MACÊDO, Marília Gabrielle Pereira Souza de
FEITOSA, Milena Vieira
CORDEIRO, Risonildo Pereira
Palavras-chave: Medicamentos sob prescrição
Prescrições
Boas práticas de dispensação
Data do documento: 6-Nov-2015
Abstract: Purpose: To identify the factors that lead to difficulties in the medication process. Method: Study of explanatory type, transversal, descriptive and observational with samples by convenience of a quantitative approach. Results: We analyzed 303 prescriptions, 208 dispensations and 100 handlings. From the prescriptions, 10.6% were handwritten, making it difficult to read by professionals. After being 2 analyzed 208 dispensations, it was found that at the time of separation of medications, 40.3% were separated as requested. From the prescriptions that were sent to hospitalized patients, 59.6% presented with lack of one or more drugs. In the analysis of handlings, 55% were carried out properly, in which it is advisable to universal hand washing before the preparation of each drug, asepsis of the place to be administered by following the step by step to administration safely and effectively. Conclusion: It can be seen that exacerbates the need for a more effective monitoring process in order to avoid problems with the treatment. Keywords: prescription drugs, prescriptions, good dispensing practices
Resumo: Objetivo: identificar os fatores que levam às dificuldades no processo de medicação. Método: Estudo do tipo explicativo, transversal, descritivo e observacional com amostras por conveniência de abordagem quantitativa. Resultados: Foram analisadas 303 prescrições, 208 dispensações e 100 administrações. Das prescrições, 10,6% eram manuscritas, dificultando a leitura pelos profissionais. Analisadas 208 dispensações, foi verificado que no momento de separação dos medicamentos, 40,3% foram separados conforme solicitado e das prescrições que foram encaminhadas para os pacientes internados, 59,6% apresentavam-se com falta de um ou mais medicamentos. Na análise das administrações, 55% foram realizadas corretamente, na qual se preconiza a lavagem universal das mãos antes do preparo de cada medicamento, antissepsia do local a ser administrado, seguindo do passo a passo para administração de forma segura e eficaz. Conclusão: É possível verificar que exacerba-se a necessidade de um acompanhamento mais efetivo do processo a fim de evitar-se problemas no tratamento.
URI: http://repositorio.asces.edu.br/handle/123456789/169
Aparece nas coleções:TCC - Enfermagem
TCC - Farmácia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo Final.pdf1,02 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.