ASCES

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.asces.edu.br/handle/123456789/1039
Título: Quantificação de frações polissacarídeos de Aleo Vera
Autor(es): OLIVEIRA, Sônia Gisolene Ferreira de Souza
Palavras-chave: Aloe vera
Extrato
Polissacarídeos vera
Data do documento: 30-Jun-2017
Resumo: Quantificação de frações de polissacarídeos de Aloe vera Aloe vera é utilizada há muito tempo como medicamento. A partir da extração das suas folhas, duas frações podem ser obtidas: um exsudato amargo e um gel mucilaginoso. Há diversos estudos enfocando metabólicos primários e secundários desta espécie vegetal, entre osmetabólitos primários merecem atenção especial os polissacarídeos presentes no parênquima tissular.Ofracionamento de plantas tem sido realizado ao longo dos anos,para análise físico-química dessas espécies, porém ainda não há padronização da técnica. Este trabalho visou desenvolver um método extrativo-analítico para determinação e caracterização de frações polissacarídicas do extrato da babosa, com os respectivos rendimentos por extração etanolica, sendo realizada análise do rendimento seco, em frações de amostra de diluições sucessivas. As amostras de folhas foram coletadas em dois períodos para posterior comparação e análise. Foram realizadas as extrações sequenciais etanolicas em triplicatas, obtendo frações a 10%, 20%, 30%, 40%, 50%, 60%, 70%, 80% e 90% (m/m). As amostras fracionadas obtidas foram quantificadas e posteriormente foi calculado o rendimento (g%) de cada fração do total de peso seco obtido da fração total. Não se observaram variações significativas maiores na porcentagem de massa seca total nas folhas coletadas nos intervalos analisados. As amostras com seus respectivos pesos moleculares apresentaram um perfil semelhante, quando comparadas entre si, o maior pico de produção de polissacarídeos nas amostras foi observado na fração de 40%. Esse trabalho contribui para estudos correlacionais de extrações de polissacarídeos e abre caminho para novos estudos que visem a padronização do fracionamento do gel da Babosa.
URI: http://repositorio.asces.edu.br/handle/123456789/1039
Aparece nas coleções:TCC - Farmácia



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.